Skip to content

sodade

12° dezembro, 2009

Sentir falta é diferente de saudade…

Sentir falta existe em qualquer idioma, saudade não. Dúvido que o sentimento seja exclusivo de brasileiros, mas a palavra o é.

Sentir falta é como lembrar de um brinquedo, que nunca deixou de ser legal, mas que você nunca mais brincou. E na verdade, já prefere outro. Sentir falta é mais “nostalgia”. Embora seja “sentir”, não é lá tão sentido.

Saudade, se sente até do que nunca se teve, nunca se viu. Saudade, se sente antes da perda, da partida. Saudade…

Eu gosto de escrever aqui, não escrevo a mais de mês, e sinto falta. Mas não tenho saudade dos tempos que escrevia bastante.

Sinto saudade de uma amiga de partiu hoje. HOJE! (partiu = viajou, não morreu)

Se preferir o contrário, é a diferença entre querer algo, e o desejo por algo. Definiu Clarice Lispector:

ficava faminta mas não de comida, era um gosto meio doloroso que subia do baixo ventre e arrepiava os bicos dos seios e os braços vazios sem abraços.”

É MAIS que querer. É MAIS que sentir falta.

Saudade… é desejar e saber que não pode ter.

(perdoem-me os letristas que saibam definir “saudade”, mas essa é minha explicação, uma palavra por outras)

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: